ACESSO DO PACIENTE



Balão Gástrico

 

  

 

Balão Gástrico é uma prótese de silicone, colocada por endoscopia digestiva alta e preenchida com 400 a 700 ml.

 

O conteúdo do balão gástrico, pode ser soro fisiológico com o corante azul de metileno (mais utilizado) ou ar.

 

A colocação do balão gástrico é um procedimento ambulatorial sem a necessidade de internação e dura aproximadamente 30 minutos.

 

O balão gástrico é indicado para quem tem sobrepeso, obesidade leve ou moderada, que não conseguiu emagrecer. Fica entre o tratamento clínico e o cirúrgico. A idéia é ocupar espaço com o balão gástrico dentro do estômago, levando à saciedade e restringindo o volume de alimentos.

 

Nos três primeiros dias até o organismo se adaptar, costuma causar cólicas, náuseas, vômitos e azia. Em alguns casos, além de medicação oral, é necessário medicação injetável. Em caso de perfuração do balão líquido, o corante azul de metileno ao cair no estômago é absorvido e dá uma coloração azul à urina e fezes. A retirada é feita também por endoscopia, onde o Balão Gástrico é perfurado, esvaziado e tracionado por uma pinça. 

 

O emagrecimento médio é de 10 a 15% do peso inicial, e está relacionado com a colaboração do paciente na reeducação alimentar e de estilo de vida. O balão gástrico poderá ficar por 6 meses (recomendação do fabricante).

 

O acompanhamento de uma equipe multidisciplinar, com médicos, psicólogo, nutricionista e fisioterapeuta é fundamental para o sucesso do procedimento. Depois de seis meses, bem mais magro e reeducado, o paciente tem toda condição de continuar sozinho. 

 

Em caso da necessidade de recolocar o balão gástrico, isso não deverá ser feito no mesmo ato da retirada, pois o estômago está adaptado à prótese e não terá muito efeito, deverá aguardar de um a dois meses para um novo procedimento.

 

Mais informações (valores, quem pode fazer, etc), clique no link: http://www.clinicaimec.com.br/index.php?pag=contato